body { background-image: url("https://iotbrasil.org.br/top.jpg"); background-repeat: no-repeat; background-attachment: scroll; }




Fórum Brasileiro de IoT compõe Conselho Consultivo da maior Rede de Inovação em Inteligência Artificial do país | Fórum Brasileiro de IOT

Fórum Brasileiro de IoT compõe Conselho Consultivo da maior Rede de Inovação em Inteligência Artificial do país




Fórum Brasileiro de IoT compõe Conselho Consultivo da maior Rede de Inovação em Inteligência Artificial do país

Fórum Brasileiro de IoT compõe Conselho Consultivo da maior Rede de Inovação em Inteligência Artificial do país


Doze instituições empresariais se reúnem para definir a estratégia e diretrizes de atuação do ecossistema de inovação. Há R$ 70 milhões disponíveis para o setor empresarial inovar com tecnologias disruptivas.


O Fórum Brasileiro de IoT e mais onze importantes entidades da indústria nacional se unem nesta sexta-feira (11) para debater os rumos e direções para a maior Rede de Inovação de Inteligência Artificial do País. Será a primeira reunião do Conselho Consultivo da Rede EMBRAPII/MCTI de Inovação em Inteligência Artificial.


Nesta primeira reunião, o Fórum Brasileiro de IoT será representado pelo seu presidente Gabriel Antonio Marão.


No encontro, será apresentado o resultado do mapeamento de competências, desafios e oportunidades entre as Unidades EMBRAPII que compõem a rede. De forma agregada, estas Unidades EMBRAPII já realizaram mais de 150 projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação em inteligência artificial. Também está prevista a apreciação do regimento interno e do escopo de trabalho dos Comitês Técnicos e da criação dos Selos de Maturidade Tecnológicas para os projetos.


Conheça a Rede

A Rede MCTI/EMBRAPII de Inovação em Inteligência social de um ecossistema com 17 centros de pesquisas (Unidades EMBRAPII) com equipamentos, profissionais e competências tecnológicas complementares desenhado para incentivar o uso de tecnologias de fronteira no processo produtivo da indústria nacional.


A indústria tem disponível R$ 70 milhões não reembolsáveis para o desenvolvimento do PD&I. Como o modelo de atuação da Embrapii prevê o co-investimento do setor empresarial, estima-se que a Rede gere cerca R$ 140 milhões em inovações (soma-se aos recursos da EMBRAPII, os valores da contrapartida das empresas e o recurso não-financeiro das Unidades EMBRAPII – como uso de equipamento e pagamento de hora-homem).


Projetos de pequenas empresas e de Startups deeptech, aquelas que possuem alta densidade tecnológica, também estão no foco da Rede. Serão oferecidos recursos não reembolsáveis e suporte técnico-científico em todo o ciclo de desenvolvimento da solução tecnológica, até a chegada do produto ao mercado.


Conheça as doze instituições privadas que atuam no Conselho Consultivo da Rede

Confederação Nacional da Indústria (CNI), Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária (CNA), International Association of Artificial Intelligence (I2AI), Associação Brasileira de Internet Industrial (ABII), Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (BRASSCOM), Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (ASSESPRO), Sociedade Brasileira de Computação (SBC), Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (ABINEE),  Associação de Empresas de Desenvolvimento Tecnológico Nacional e Inovação (P&D Brasil), Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (SOFTEX), Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos (ABIMO) e Fórum Brasileiro de IoT.


Estrutura da Rede


A presidência rotativa ficará sob a liderança do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPqD) e a vice-presidência a cargo do Instituto Federal do Ceará (IFCE) pelos próximos doze meses.


Os pesquisadores das Unidades também vão atuar em três comitês técnicos: Capacitação (que será liderado pelo CEEI/UFCG), que vai reunir ações para capacitar pessoal técnico; o eixo Infraestrutura (liderado pelo Senai CIMATEC), que trata sobre o compartilhamento de equipamentos e competências; e o eixo Certificação (liderado pelo Instituto Eldorado), que permitirá às empresas obterem selos de maturidade para os novos produtos e serviços com Inteligência Artificial embarcada.


Criado em 10/12/2020 09:47 ( Atualizado em 10/12/2020 09:57)



Fórum Brasileiro de IoT compõe Conselho Consultivo da maior Rede de Inovação em Inteligência Artificial do país






























FORUM BRASILEIRO DE INTERNET DAS COISAS | Todos os Direitos Reservados

POLÍTICA DE COOKIES | TERMOS DE USO | PRIVACIDADE E PROTEÇÃO DE DADOS - LGPD

Desenvolvimento GRUPO RIOBRASIL